News

Blog da Floricultura Agapanthus

  • IDEIAS QUE FAZEM A DIFERENÇA

    Floricultura cria livro de colorir para ensinar crianças sobre a importância das flores

    A ideia surgiu sem querer. Com o objetivo de atrair a atenção das crianças, enquanto as mães compravam flores, Márcia Carazzai, proprietária da Agapanthus Floricultura escreveu uma história e a colocou em um pequeno livro chamado “O jardim nada secreto de Florivaldo”. Na onda dos livros para colorir, resolveu deixar tudo em preto e branco para que os lápis de cor fizessem a tarefa de deixar tudo mais bonito. Assim, sem mais nem menos, os pequenos começaram a pedir às mães para irem à floricultura. A revistinha, como os clientes mirins chamam, acabou levando a empresa a aumentar as vendas e uma nova leva teve que ser impressa.

    Em época de crise, os empresários começam a usar da criatividade e inovam. “Nunca imaginei que um simples livro iria ter tanta repercussão”, salienta Márcia Carazzai. Agora, a empresária-autora quer fazer novas histórias e continuar estimulando as crianças a gostar das flores. “Quando você dá uma flor, você não dá um presente, mas um sentimento, uma emoção”, diz ela.

    Os livros para colorir vêm em caixa alta, já que uma diretora de escola deu a dica de que as crianças, a partir dos três anos, já identificam as letras, mas quando estão todas em maiúsculo.

    História - O livro “O jardim nada secreto de Florivaldo”, de apenas seis páginas, conta a história de um menino que ama flores. Em busca de encontrar ferramentas de jardinagem e achar suas flores preferidas em um canteiro, o garoto dá sua mensagem: onde existe flor, tem alegria, beleza e tudo fica mais feliz.

    E se você quiser ganhar um livrinho, vá a Agapanthus e pegue seu exemplar gratuitamente.

    Livro de colorir para ensinar crianças sobre a beleza das flores
  • FLOR NATURAL X FLOR ARTIFICIAL

    Flores naturais – o charme da natureza dentro da sua casa FOTO: Edna Froes

    Quem nunca recebeu um buquê de rosas ou mesmo um vasinho de violetas? E junto com as flores, com certeza, chegaram também os sentimentos de amor, saudade, amizade e tantos outros que criaram elos emotivos. E toda vez que você vê as flores, a lembrança ativa a memória afetiva. As flores naturais têm essa característica. Levam até você, além da beleza, uma energia única. Afinal, é como se a natureza estivesse dentro da sua casa, bem pertinho de você. Comprovadamente, essa boa sensação influencia nos níveis de dopamina e causam bem-estar.

    E quem não se sente bem com as flores naturais? Aliás, há um filósofo japonês, Mokiti Okada, que afirma que a missão das flores é alegrar o homem. Defende que, se possível, devemos colocar uma flor natural em cada cômodo da casa e especialmente, em locais como hospitais e presídios. A flor purifica o ambiente.

    Pesquisas atestam que cuidar de jardins, lidar com plantas combate a depressão. Deve ser verdade. Impossível conviver com tanta beleza e não se reapaixonar pela vida. As flores exalam não apenas perfume, mas um convite diário para a autoanálise. Quando estamos cercados de beleza, nos sentimos amados, acolhidos. Por isso, gostamos de receber flores.

    É bom lembrar que as flores naturais se dividem em duas categorias: flores de corte e flores plantadas. Os cuidados com ambas aguçam a criatividade, desenvolvem a concentração, aprimoram o foco e tecem a tranquilidade. Mas, para se ter tudo isso é necessário um certo trabalho, não é?

    Os arranjos com flores de corte exigem troca de água periódica, limpeza do vaso e retirada de folhas ou flores que vão amarelando com o tempo. Geralmente é uma atividade rápida. Muitas vezes, até uma terapia. É prazeroso, gratificante mexer na natureza e no belo.

    As flores plantadas têm a vantagem de possuir um período de troca maior, variando conforme a espécie. Geralmente, a planta não morre, apenas acaba a florada e aí, vem o momento de esperar pela próxima brota. Entra aqui o desenvolvimento de mais uma virtude: a paciência.

    Dizer que as flores naturais morrem logo, são mais caras, dão trabalho não é bem assertivo quando enumeramos as vantagens citadas acima. E cá pra nós: A elegância do natural se sobrepõe a qualquer desvantagem. E elegância não é sinônimo de flores exóticas, diferentes. Às vezes, o simples é o mais sofisticado.

    Então, vamos a dicas para embelezar sua casa com flores naturais, levando boas energias e bons ares:

    Tipos mais indicados para ambientes internos:

    Flores de corte: Antúrio, Helicônias, Zenziber, Alpíneas, Estrelícias, Crisântemos, Flor de lótus, Cravos, Curcuma, Alstroemérias, Orquídeas até folhagens verdes como Costela-de- Adão, folha de Areca, Dracenas, etc. Também há o uso de plantas/folhagens verdes ou rubras como papyrus, cavalinha, formium, junco, costus etc.

    Flores plantadas: Um mix enorme de orquídeas com cores e texturas diferentes; as orquídeas estão em alta, e são de fácil manutenção. Bromélias são muito apreciadas por sua resistência e tropicalidade. Suculentas, cactos, pimenteiras, kalanchoes, antúrios, violetas e plantas verdes como o asplenium, raphys, zamioculcas, arecas, fícus, fícus lirata, poisentias, lírio da paz, agaves, beaucarnias, samambaias, avenca, espada de São Jorge e Lucky bamboo são algumas das muitas variedades que temos hoje à disposição em floriculturas e gardens.

    Também consideramos naturais todas as flores desidratadas, ou seja, flores naturais que passaram por um processo de secagem como hortênsias, samambaias, flores do cerrado, ou plantas como o trigo, cipós, casca de palmeiras, fibras de coco, casca de palmito, vime etc.

    Onde aplicar/usar: Centros de mesa, aparadores, hall de entrada, estantes, balcões, sobre a pia dos lavabos, cantos, cantos de escada, divisórias, jardim vertical.

    Preço: Os preços variam conforme as espécies e padrão das hastes ou vasos. Pode adquirir flores avulsas e fazer a montagem do arranjo em casa. Pode utilizar folhagens e flores do próprio jardim, ou levar suas peças à floricultura para confeccionar os arranjos. Sem as embalagens para presente e acessórios o preço das flores fica mais atrativo.

     FOTO: Edna Froes

    Opinião sobre flores artificiais: As flores artificiais hoje são chamadas de permanentes. São indicadas para ambientes sem luz natural, geralmente com divisórias, sem janela, como closets, banheiros e lavabos. Duram mais que as flores naturais, entretanto, exigem limpeza constante. É preciso remover o pó, limpar miolo e folhas com pano úmido ou seco, remover teias de aranha porque as pessoas pensam na durabilidade e esquecem de fazer a manutenção.

    Como não têm odores, uma boa dica é fazer uso de aromatizadores ou essências sobre as pétalas.

    Desvantagem: o local está sempre igual.

    Observação: A indústria da flor natural hoje emprega milhares de brasileiros no desenvolvimento de técnicas, produção, transporte, floriculturas, gardens, supermercados e decoradores. A flor permanente, geralmente é importada.

    Márcia Carazzai- membro da Academia Brasileira de Artistas Florais e proprietária da Agapanthus Floricultura Curitiba.

  • VENDAS DE FLORES PELA INTERNET É TENDÊNCIA NO MERCADO

    Produtores e lojistas estão otimistas com o mercado de flores e investem em vendas pela internet.

    A venda on-line de flores começou devagarzinho. Os clientes pouco usavam as chamadas pela internet. Preferiam ir pessoalmente comprar flores. Mas o mercado mudou e a tecnologia, obrigatoriamente, teve que fazer parte do dia a dia das floriculturas. É o que fez o dono da floricultura Agapanthus, em Curitiba. Maurício Sorgenfrei investiu em um site bem estruturado para atender o consumidor que não tem tempo para se deslocar e prefere a praticidade. De dois anos para cá, os pedidos digitais aumentaram em 30 por cento e a tendência é de uma curva ascendente. “Percebemos que o mercado tem sido inconstante e por isso, precisamos ser criativos e inovadores para chamarmos a atenção dos clientes, nossos consumidores finais”.

    O site da Agapanthus é fácil de navegar e a vantagem é que o cliente pode agendar a entrega das flores para o mesmo dia. Tudo isso sem sair do escritório. A floricultura tem buscado desenvolver um bom atendimento on-line para atender o usuário das redes com a maior agilidade possível e sem atropelos no meio da compra. E tem dado certo.

    De olho nessa urgência do mercado, a tendência para os próximos anos é a digitalização da cadeia como um todo. “Já estamos colocando em prática projetos neste sentido e o mercado também está caminhando para esta evolução. Nossa plataforma digital proporcionará um desenvolvimento ainda maior do mercado produtor e comercial, encurtando distâncias e trazendo respostas rápidas e mais assertivas sobre nossos produtos, clientes e público consumidor”, garante Rachel Osório, da Cooperativa Veiling Holambra, a maior da América.

    A tecnologia impulsionou bastante o crescimento de 8 por cento do setor de flores em 2017. Mas não foi a única razão para o aumento pela compra de flores. A coordenadora executiva do Instituto Brasileiro de Floricultura, Adriana Rosa, aponta o maior número de lojas de redes de autosserviços (supermercados, home centers, pet shops e bricolagem) que começaram a comercializar flores e plantas ornamentais. “Esta adesão nos proporciona atingir um público bastante diversificado e, ao mesmo tempo, a oportunidade de oferecer produtos a cidades e regiões que não contam com um ponto de venda especializado”, diz ela.

    O site da Agapanthus é o www.agapanthus.com.br

  • Nomes populares das flores

    Você sabe o porquê dos nomes das flores?

    Os nomes populares das flores trazem histórias e significados bem curiosos e até expõem particularidades de cada uma. A Agapanthus Floricultura fez uma lista de 10 espécies da nossa flora, já admiradas pela beleza, e que agora terão revelados os seus segredos. Aqui, não estão em questão os nomes científicos, mas os apelidos que o povo dá. E eles têm a ver com a forma, a origem, as lendas e a criatividade ao longo dos tempos.

    1.Comigo-ninguém-pode

    A voz do povo está mais do que certa! Essa plantinha de folhas vistosas e brilhantes, tão usada em estabelecimentos comerciais para combater o mau-olhado, é bem perigosa e altamente tóxica. Há cristais em suas células e quando ingeridos fecham a traqueia e podem até matar. Manter longe das crianças e animais domésticos.

    2.Agapantus

    É conhecida também por ser a flor do amor. Ágape, que vem do grego, significa amor e Panthus, flor. É a primeira flor, que se tem notícia, utilizada em buquês de noiva. Na Grécia antiga, os casamentos geralmente aconteciam na primavera, época de brota do Agapantus. A flor é originária da África.

    3.Teta-de-vaca, Maminha-de-vaca, Peito-de-moça

    A teta-de-vaca é uma planta arbustiva muito peculiar devido ao formato curioso de seus frutos pequenos de casca brilhante e cerosa, com características semelhantes aos úberes de vaca.

    De frutificação decorativa, pode ser plantada isolada ou em grupos e também em vasos e jardineiras. Por ter crescimento esparso, pode ser tutorada sobre suportes como uma pequena trepadeira anual. Os ramos carregados de frutos ainda podem ser utilizados em arranjos florais.

    Curiosidade: Em alguns lugares é reputada como medicinal contra doenças como pé-de-atleta e o suco de seus frutos tem atividade detergente e é utilizado para lavar roupas.

    4.Brinco-de-princesa, Agrado, Fúcsia, Lágrima

    Flor símbolo do Rio Grande do Sul, o brinco-de-princesa ou fúcsia é uma planta que possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas, quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são: vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações, sem mesclas.

    Recebeu o nome de brinco-de-princesa pela delicadeza do seu design que serviu de inspiração para muitos joalheiros encarregados de desenhar as joias de muitas famílias reais europeias do século XVI até o século XIX.

    5.Sapatinho-de-judia, sapatinho-de-boneca, ClockVine

    As inflorescências pendentes são compostas de flores vistosas bicolores, amarelas com as pétalas recortadas em bordô e longos estames de anteras brancas, em formato que lembra o design dos sapatos usados pelas mulheres judias (judaicas) na antiguidade.

    Também é conhecida por ClockVine porque os cachos pendentes lembram o pêndulo de um relógio.

    6.Chifre- de-veado

    O nome popular é porque suas folhas lembram as galhadas dos veados. É uma planta muito antiga, da época dos dinossauros. O habitat natural da espécie são os galhos e troncos das árvores das florestas tropicais e subtropicais. O chifre-de-veado é uma planta epífita, isto é, apenas apoia-se nas árvores e não retira delas os nutrientes para sobreviver.

     7.Bastão do Imperador,Flor-de-Cera, Gengibre-Tocha e Flor-da-Redenção.

    É uma das mais belas plantas ornamentais existentes no país. Com uma única inflorescência na extremidade mais alta de uma longa haste reta e robusta, e de forma cônica e piramidal é atrativo para beija-flores e alguns insetos. Trata-se de um tipo de gengibre que tem flores bem chamativas.

    É conhecida ainda como flor-da-redenção, flor-de-cera e gengibre-tocha, o bastão-do-imperador tem origem asiática, mais precisamente no sudeste do continente. NaTailândia, a planta não só é apreciada pelo olhar como também é saboreada quando usada como ingrediente em exóticas receitas culinárias locais.

    Reza a lenda, que D. Pedro II encontrou estas plantas na nossa Mata Atlântica e recomendou que suas bengalas tivessem o design dessas plantas, por isso o nome bastão do imperador.

    8.Véu-de-noiva

    O véu-de-noiva é uma planta com floração abundante e permanente. Ramificada com ramos delicados, arroxeados e com nós articulados. As flores são pequenas, solitárias, brancas, com três pétalas, axilares ou terminais, e se formam durante o ano todo. O véu-de-noiva é uma planta excelente para vasos e cestas pendentes. Sua textura cheia e o pontilhado delicado das flores assemelham-se a um véu de noiva, razão pela qual recebeu este nome. Garantem um charme todo especial para ambientes externos ou internos.

    9.Ave do paraíso

    A estrelícia de nome científico Strelitzia reginae, é uma planta herbácea, perene, de folhas duras, grandes e ovaladas com pecíolos bastante compridos. É cultivada em jardins de regiões tropicais e subtropicais e bastante apreciada pela beleza das suas flores, que com aproximadamente 15 cm são de cor laranja e azul e assemelham-se à cabeça de uma ave.

    O termo científico desta planta "Strelitzia reginae" do Latim = estrelícia da rainha, em homenagem à rainha Carlota de Mecklemburgo-Strelitz, esposa do rei Jorge III de Inglaterra, morta em 1818.

     10.Poinsettia, bico-de-papagaio, flor-do-natal

    Aqui no Brasil, a poinsettia (Euphorbiapulcherrima) é mais conhecida como bico-de-papagaio. Ela também tem outros nomes populares, como poinsétia, poinsétia-branca e folha-de-sangue, de acordo com a variedade, que determina as cores de suas brácteas (brancas, róseas ou vermelhas). Mas, lá nos Estados Unidos, onde é considerada um dos símbolos do Natal, a poinsettia recebe nomes sugestivos como Christmas Star (estrela-do-natal) ou Christmas Flower (flor-do-natal).

    Bico de papagaio por causa da semelhança com o bico da ave. Flor de Natal porque é muito procurada nesta época do ano para enfeitar as casas para o Natal.

     

    Serviço: Nomes populares das flores

    Fonte: Márcia Sorgenfrei – membro da Academia Brasileira de Artistas Florais e proprietária da Agapanthus Floricultura

    Local: Augusto Stresser 1133 – Hugo Lange

    Telefone para pedidos: (41) 3013 3940

    Sitewww.agapanthus.com.br

  • AGAPANTHUS É DESTAQUE NA MAIOR FEIRA DE FLORES DO BRASIL

     

    Curitiba marca presença no ENFLOR

     

    Empresária Márcia Carazzai, da Agapanthus Floricultura, fará 3 vitrines no ENFLOR

    Empresários do setor de flores estão ansiosos para a chegada de uma das maiores feiras de negócios do Brasil: O ENFLOR GARDEN FAIR. E não é brincadeira! Mais de 15 mil pessoas são esperadas em Holambra, São Paulo. Um mega evento que faz girar esse mercado que, só no ano passado, cresceu 8 por cento. De olho em um novo aumento de vendas, produtores e compradores de flores aproveitam a oportunidade para fechar negócios e apresentar novidades e tendências que farão parte do dia a dia das floriculturas. E por falar nas floriculturas, a Agapanthus – uma das mais charmosas floriculturas de Curitiba – foi convidada para fazer e a decoração de três vitrines, na famosa Rua das Flores do Encontro Nacional de Floristas.

    As vitrines do ENFLOR já estão com os temas definidos: Dia da Mulher, Dia das Mães e o Dia a Dia das Floriculturas. A empresária Márcia Carazzai, da Agapanthus, pretende levar não apenas o colorido das flores e o verde das folhagens, mas a ideia da sensiblidade. Junto aos sentimentos, as vitrines vão buscar explorar as palavras SER, VIVER e AMAR. É a união da criatividade – marca da floricultura curitibana – com a essência das flores.  A ideia também é mesclar tudo isso com o tricot, uma tendência bem atual na moda. Em parceria com a Lafort, a Agapanthus vai usar pontos, cores e texturas do que há de mais moderno para dar um toque caseiro na decoração.

    Mas não é só isso. O designer floral e gerente da Agapanthus, Rodrigo Carneiro, será o responsável pela decoração da grandiosa entrada da Enaflor. O espaço é concorrídissimo e sempre atrai a atenção de quem passa por ali. Afinal, a beleza é o chamativo para a feira de negócios. Ideias criativas, tendências e muito talento estarão aplicados em cada ambiente do ENFLOR para atualizar conceitos e inspirar os visitantes.

    O ENFLOR ocorre de 8 a 10 de julho. Além da feira de negócioS, exposição de flores e artigos para jardins, o evento traz uma ampla programação de cursos e workshops para profissionais da área, além de concursos de decoração floral e de demonstrações ao vivo de artistas locais e nacionais.

     

     

     

    Serviço: ENFLOR

    Data: 8 a 10 de julho se 2018

    Parque Expoflora – Rua Solidagos, 391– Holambra/SP

    Ingressos: enflor.com.br

    Agapanthus Floricultura: Rua Augusto Stresser 1133 – Juvevê – Curitiba/PR

    Fone: 041 3013-3940

Itens 1 para 5 do 7 total

Página:
  1. 1
  2. 2